Translate

MAGGIE: A Transformação

Olá pessoal! Tudo okay com vocês? Como vai a vida, curtindo muito? Espero que sim, porque a vida não espera né.
 Preparei uma resenha do filme MAGGIE: A Transformação para contar tudinho pra vocês, relaxa que onde tiver spoiler eu aviso antes.
(O filme estreou dia 6 de maio de 2015, dirigido por Henry Robson tem duração de 1h e 35m.)


Sinopse:
  Uma adolescente (Abigail Breslin) é contaminada por um zumbi, mas sua transformação demora seis meses para se completar. Mesmo assim, seu pai (Arnold Schwarzenegger) decide continuar ao seu lado enquanto ela deve se acostumar à sua nova personalidade monstruosa.

 O longa não é parecido com nenhum filme de zumbis que eu já assisti, não mostra ataque de zumbis o tempo todo, a história foca mais na Maggie. Os moradores não ficam confinados dentro de suas casas ou em algum abrigo e a cidade não está vazia, pelo contrário, as pessoas continuam (ou tentam continuar) com sua rotina fingindo que tudo está bem. (Spoiler) As pessoas que foram infectadas são levadas para um local onde ficam em quarentena até chegar a óbito, foi o que aconteceu com um dos amigos da garota que também foi infectado. (Fim de spoiler). Porém, o pai de Maggie a protege mantendo-a em casa, mesmo com os alertas de médicos e policiais avisando-o do perigo que corre. Sua transformação é lenta, a cada dia acorda com uma aparência diferente, com sua pele se desfazendo, seu humor e seu comportamento mudado, ao longo de seis meses ela tem que se adaptar a cada transformação física e mental.
 Maggie sabe o que está acontecendo e do risco em que expõe o pai todos os dias, ela sente que não é mais a mesma e que está mudando. Ela decide que agora é a hora de recompensar todo o cuidado que o pai teve por todo esse tempo, agora é a vez dela de protegê-lo.
 O filme é muito bom, mas particularmente, eu não gostei muito do final, não foi ruim só não foi o esperado. Eu esperava um final mais clichê, onde encontrariam a cura ou ela não fosse má e poderia viver com os humanos, mas me surpreendeu, fiquei um pouco chateada no final, mas o filme é bonito e me fez pensar sobre o valor da vida.

 A relação de pai e filha entre a atriz Abigail e Arnold fluiu muito bem, na minha visão eles cumpriram perfeitamente o papel de seus personagens.


Você já assistiu? O que achou do filme? Conte-me nos comentários!
Um Beijo de Sofia!!
Créditos: Adoro Cinema
(Se as imagens acima for de sua autoria notifique-me pra que eu possa retirá-las ou dar os devidos créditos)
Compartilhar Google Plus

Autor Sofia Campos

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial